Britânico essencial com um toque diferente

Por que visitar: a interpretação do Clove Club de ‘britânico moderno’ é refrescante e cheia de
surpresas, com produtos frescos de todo o Reino Unido reinventados em criações que
apresentam sabores naturais e se misturam divertidamente com a tradição.
Uma breve história: o chef escocês Isaac McHale fundou o restaurante com Daniel Willis e
Johnny Smith. O trio dirigia um supper club experimental em Shoreditch, East London, antes
de abrir o The Clove Club em 2013. McHale treinou no The Ledbury , Noma e Eleven Madison
Park antes de embarcar em seu próprio empreendimento, e agora é o único responsável pelo
restaurante.
Isaac McHale
No cardápio: Há um cardápio degustação completo e uma versão mais curta com cinco pratos
(também disponível na hora do almoço), além de opção de acompanhamento de vinhos. O
menu é sempre variável e os clientes podem esperar pratos como vieiras das Orkney
delicadamente cozidas com molho de manteiga de batata ou sashimi de cavala com pepinos
tradicionais. Como sobremesa, pode-se saborear o chocolate caramelo com speculoos e
cevada turva, ou um sorvete de caramelo com merengue de café.
O espaço: Situado na histórica Shoreditch Town Hall, a sala de jantar com azulejos azuis tem
uma vibe descontraída do leste de Londres com uma cozinha aberta e serviço descontraído.
Se você ainda estiver com fome: no final de 2016, McHale e sua equipe abriram o restaurante
Luca em Clerkenwell, um local mais casual onde ele canaliza seu italiano interior enquanto
ainda se concentra nos ingredientes sazonais britânicos. https://www.gazetadopovo.com.br/bomgourmet/restaurantes/restaurantes-e-bares-em-curitiba-ao-ar-livre/

Leave a Reply

Your email address will not be published.